7 dicas para montar uma cozinha industrial de pequeno porte

Sair comprando equipamentos caríssimos de nada adiantará se você não tiver um bom planejamento ao montar uma cozinha industrial, ainda mais se for de pequeno porte. Em lugares menores, todos os detalhes devem ser bem pensados a fim de otimizar a rotina e garantir o máximo de aproveitamento dos espaços.

Lembre-se que a cozinha é o coração do seu estabelecimento! Ter uma percepção real do espaço que há disponível evita estresses durante o processo de formulação do layout, além de diminuir a chance de problemas futuros e facilitar possíveis mudanças.

Abaixo, listamos algumas dicas que vão te ajudar a montar uma cozinha industrial de pequeno porte! Antes, porém, é importante lembrá-lo que todo projeto, seja ele grande ou pequeno, demanda tempo, orçamento e dedicação. O sucesso do estabelecimento está em suas mãos, não erre pela pressa. Vamos às dicas?

Como montar uma cozinha de pequeno porte gastando pouco

Montando uma cozinha industrial de pequeno porte

  1. Contrate um engenheiro ou arquiteto experiente

Nem sempre o dono do estabelecimento tem experiência em uma cozinha industrial, por isso, é importante contar com a ajuda de profissionais especializados. Um arquiteto e engenheiro terão uma visão mais ampla do local e saberão criar projetos de acordo com as suas necessidades. Além disso, são capazes de identificar problemas estruturais que poderiam causar grandes estragos no futuro.

  1. Tenha uma nutricionista na equipe

O papel da nutricionista começa antes do preparo das refeições. Você não precisa contratar uma nutricionista após ter a cozinha finalizada. Em conjunto com os arquitetos e engenheiros, essa profissional da área da saúde ajudará nos detalhes relacionados à segurança dos alimentos.

Enquanto um arquiteto tem experiência na parte da estrutura, uma nutricionista sabe como, de fato, uma cozinha funciona no dia a dia. Juntar a expertise de ambos profissionais é contar com um projeto de sucesso, com uma probabilidade mínima de erros.

Nesse sentido, consultorias e assessorias em nutrição também são uma ótima opção. Essas empresas contam com profissionais experientes na área, que já lidaram com diversos tipos de estabelecimentos alimentícios.

  1. Pense no conforto e segurança

Em cozinha de pequeno porte, boa iluminação e ventilação são essenciais. Um projeto adequado deve considerar esses aspectos.

Outro ponto que precisa ser bem calculado é a fiação e o encanamento, um grande fator de risco dentro desse ambiente. Evite acidentes como curto-circuitos, choques e o acúmulo de fumaça e vapor dentro da cozinha, o que prejudicará a saúde dos colaboradores.

varias digas para gastar pouco ao montar cozinha industrial pequena

  1. Considere a real dimensão do restaurante

Sua cozinha é pequena, mas o número de mesas ou refeições servidas é grande? Será que essa relação é equilibrada? Não adianta ter uma demanda imensa se a sua cozinha não é capaz de atender.

Pense quantas refeições irá servir em cada turno, ou seja, manhã, tarde e noite. Feito isso, com a ajuda de uma nutricionista, calcule funcionários e quantos equipamentos serão necessários para a preparação desses alimentos.

Assim, você consegue prever se há a chance de realizar uma expansão futura e se você conseguirá preparar as refeições prezando pela sua qualidade e segurança. Há espaço de armazenamento? Há como acomodar o número de funcionários necessários? Os equipamentos que cabem serão suficientes?

Avalie bem essa relação entre a dimensão da cozinha e as refeições servidas. Talvez, você consiga remanejar os espaços se o seu foco principal está nos pratos salgados e não doces.

Sempre dimensione prevendo o uso da capacidade máxima de produção, mas não seja pego de surpresa. Imagine só: os pedidos começam a chegar, as pessoas sentam para almoçar e você não consegue dar conta. Planejar e antecipar são as palavras-chave!

  1. Saiba quais são as áreas e setores da cozinha

Não há uma regra que defina as áreas e setores obrigatórios na cozinha, pois é comum que se adapte suas instalações ao que é indicado na legislação. Mas, de uma maneira geral, algumas áreas comuns a todo tipo de serviço. São elas:

  • Sala de chefia ou administração;
  • Estocagem;
  • Área de pré-preparo;
  • Área de preparo;
  • Área de distribuição;
  • Área para lavagem de louça;
  • Área para lixo.

 

É importante saber disso, pois, por exemplo, na estocagem nós temos a dispensa geral, o refugo, a dispensa diária, a de produtos de limpeza e a estocagem com temperatura controlada, com freezers, geladeiras industriais e câmaras frigoríficas. Como você irá dividir tudo isso dentro do seu estabelecimento?

Com o cardápio em mãos e a previsão de refeição produzidas em turnos, pense: você precisará de uma dispensa diária de que tamanho? Quantos freezers? Será que terá de comprar uma câmera fria? Sabendo como cada setor é dividido, você poderá adaptá-lo.

  1. Aproveite bem todos os espaços

Ter uma estratégia dentro de cozinhas industriais de pequeno porte é essencial para aproveitar cada espacinho disponível. Treine o seu olhar para entender como otimizar cada bancada, prateleira ou armário.

Mas de nada adianta colocar equipamentos em espaços bem pensados e aproveitar paredes altas para armários e prateleiras se você não tem uma organização dentro da cozinha. Se tudo ficar jogado, sem uma categorização, todo esse aproveitamento será em vão.

Aproveitar todos os espaços também não significa deixar os utensílios e equipamentos fora de alcance, mas, sim, facilitar as operações do dia a dia. A cozinha tem um fluxo e seu layout deve respeitá-lo.

  1. Fique de olho na legislação

Existem uma série de exigências legais para colocar uma cozinha industrial em funcionamento. Não as ignore! Leve a sério a legislação, pois é ela que certifica que o seu estabelecimento está operando da maneira correta.

E, agora, ficou mais claro como montar uma cozinha industrial de pequeno porte? Precisa de um suporte especializado? Então, entre com contato com a Nutri Mix Assessoria e Consultoria em Nutrição e veja como podemos ajudar a planejar e estruturar o seu estabelecimento, aproveitando todo potencial do espaço!

Como montar uma cozinha industrial de pequeno porte
5 (100%) 11 vote[s]