O que faz o marketing nutricional?

Se você, um dia, pensou em empreender, tem um negócio próprio ou é um profissional autônomo, em algum momento, se deparou com a palavra “marketing”. Até um pouco banalizado, o conceito tomou conta de quem deseja obter lucros e uma imagem positiva no mercado. O marketing, no entanto, tem várias vertentes e, aqui, nosso objetivo é explicar o que faz o marketing nutricional.

Sim, existe uma abordagem nutricional do marketing. Quando a indústria diferencia um produto seu da concorrência, usando conceitos nutricionais, é marketing. Quando um restaurante aposta em tendências da nutrição, é marketing. Quando uma marca decide dar aulas de culinárias para comunidades carentes, é marketing.

O marketing estabelece uma relação de troca entre cliente e empresa. Tudo isso, com foco nos desejos, nas necessidades e demandas do seu público alvo. Se você é um restaurante de comida japonesa, o que as pessoas que frequentam seu local esperam? O que elas recebem em troca? Como você atende os seus desejos? Isso também é marketing.

 

O marketing externo, mais comum no meio da nutrição, visa satisfazer o cliente de fora e tem como base o que chamamos de 4 Ps:

  • Produto: tem a ver com criação de um produto ou aperfeiçoamento de um existente, envolve o desenvolvimento e a diferenciação deste produto. O que faz a sua barrinha de cereal ser diferente de todas as outras? Ou o cardápio da sua UAN?
  • Preço: é a determinação do valor e do preço. O quanto um prato no seu restaurante vale? Essa troca está sendo benéfica? O que o cliente paga, ele recebe?
  • Praça: fala sobre onde você oferta seu produto. É uma loja física ou online? Como vai ser a logística de distribuição? Onde o seu público alvo está?
  • Promoção: aqui é o “como” você oferta. Em promoção, falamos sobre canais de divulgação e como você se apresenta para o público. Como você vai fazer com que o público diabético saiba que você lançou um chocolate adequado para sua dieta? Como os pais vão saber do novo cereal saudável para crianças?

 

Sabendo desses conceitos básicos do marketing, vamos avançar e pensar no alimento como um produto de necessidade primária. Todo mundo precisa comer para sobreviver. É fisiológico. Isso significa que você precisa se destacar dentro dessa necessidade, pois o cliente já sabe que ela existe. Você não precisa mostrar o problema, mas, sim, despertar o desejo pela sua solução.

Com o avanço da tecnologia e das indústrias alimentícias, surgiu a necessidade de se diferenciar em um mercado tão competitivo. Diante de 5 restaurantes na rua, o que vai fazer com que aquele pedestre pare justamente no seu? Diante de 10 marcas diferentes de macarrão na prateleira, o que vai fazer com que a dona de casa escolha o seu?

O marketing nutricional se baseia em rigorosas pesquisas de mercado, na orientação transparente para o cliente e na satisfação do mesmo. Ele, normalmente, é aplicado, por meio da rotulagem nutricional e de alegações sobre um produto – comprovadas cientificamente. Então, quando você vê na caixinha de um suco de laranja escrito “atende X% da recomendação diária de vitamina C”, é marketing nutricional. Quando no suco de uva, você vê “X% de fruta”, é marketing nutricional.

Nessa abordagem nutricional, a empresa quer entender porque os consumidores escolhem determinados produtos no mercado e querem se tornar a escolha principal, fidelizar esses clientes. As empresas querem gerar confiança.

No caso de um restaurante, o dono visa proporcionar uma experiência para o cliente por meio de uma refeição segura e saborosa. Ele quer que o cliente se lembre do seu restaurante no próximo final de semana e para alcançar isto as estratégias de marketing se fazem extremamente necessárias.

Ah, então o único objetivo é vender, você pode pensar. É claro, o marketing é usado para aumentar os lucros, mas também é um caminho para a promoção de hábitos mais saudáveis. Se integrado com uma educação crítica, é capaz de estimular novos hábitos nas pessoas. O problema é que, até hoje, o marketing tem sido empregado de forma irresponsável, sem pensar nas consequências a longo prazo.

O que faz o Marketing Nutricional - entenda melhor sobre marketing nutricional

Para ficar ainda mais claro o que faz o marketing nutricional, confira 3 das suas aplicações:

 

Comunicação

Compreende o auxílio na elaboração de diversos materiais capazes de levar conhecimento ao consumidor. A nutrição, então, participa ativamente da elaboração de um roteiro para uma propaganda de televisão, por exemplo. Ou passa o pente fino no texto de um folder sobre a alimentação saudável, seguido da oferta do produto.

Em um restaurante, ajuda na elaboração dos cardápios e as informações que ele contém. Ajuda na criação de posts para redes sociais, e-mails e outras formas de comunicação. Vale lembrar que as mensagens sobre nutrição devem ser simples, de forma de qualquer um lendo seja capaz de entender e absorver a informação.

 

Rotulagem nutricional

O primeiro contato de muitos clientes com o produto. O que, então, colocar no rótulo para chamar atenção? O que você pode ou não usar, de acordo com a legislação? Como a rotulagem mostra que o produto atende uma necessidade e resolve um problema?

Além disso, a própria rotulagem nutricional, feita pelo nutricionista entra nas estratégias para chamar a atenção do consumidor. É por meio dela e os ingredientes que você elabora alegações para convencer alguém de colocar o seu produto no carrinho.

rotulagem nutricional - Marketing nutricional

Diferenciação de produto

Antes da divulgação e antes da rotulagem, vem a elaboração do produto. Como ele vai se diferenciar dos outros no mercado? Como suas características nutricionais vão beneficiar o consumidor? O que você pode ou não colocar na composição do produto? Quais substituições agregariam maior valor ao alimento?

Tudo isso deve ser levado em consideração na hora da concepção do produto e faz parte de uma estratégia de marketing nutricional. Mas para que essas estratégias sejam eficientes e responsáveis, a saúde do consumidor é peça chave nesse quebra cabeça. Gostaria de saber como fazer um marketing nutricional eficiente e ético? Quer lançar um novo produto ou aumentar o alcance do seu estabelecimento? Então, conheça o serviço da Nutri Mix em marketing nutricional e seja visto e reconhecido.

O que faz o marketing nutricional?
5 (100%) 11 votes