Tendências de alimentação na UAN, como aplicar

O arroz e feijão todo mundo conhece. Por que, então, não fugir do básico e apresentar tendência de alimentação na UAN? Surpreender seus clientes e tornar o horário do almoço um momento muito mais alegre e divertido? Neste post, vamos apresentar algumas dessas tendências e como você pode aplicá-las na UAN, sem interferir nos custos.

O setor da gastronomia se renova a todo tempo, ainda mais com a popularização dos programas de TV sobre o tema. Em cada restaurante, há uma novidade. Seja no atendimento, na apresentação dos pratos ou na mistura de sabores. A comida, mais do que uma necessidade, se transformou em uma experiência.

A UAN pode, sim, se apropriar de alguns desses conceitos e dar um toque diferente ao seu cardápio. É claro, há algumas limitações, mas é possível tornar o seu buffet mais atrativo. Para o cliente básico, intermediário ou executivo, não importa, a técnica ou nutricionista responsável podem associar criatividade à realidade da UAN.

Vamos conferir, então, algumas das tendências de alimentação na UAN que você pode levar para o seu estabelecimento.

 

  1. Veganismo e vegetarianismo

Uma pesquisa do IBOPE, em 2018, mostrou que cerca de 14% dos brasileiros se declaram vegetarianos, enquanto outra estimativa indica que cerca de 5 milhões de pessoas pratiquem o veganismo no Brasil. A cada ano, o mercado de produtos sem origem animal cresce no país, indicando uma nova tendência.

Para quem não conhece, a diferença entre as duas nomenclaturas é a seguinte: os vegetarianos não consomem nenhum tipo de carne, como peixe, frango e carne vermelha, já os veganos não consomem nenhum produto de origem animal em nenhuma área, ou seja, nada de mel, ovo, leite, carne, couro, etc.

 

Mas como aplicar isso na minha UAN? Confira as dicas:

  • Ter uma opção de prato principal com fonte de proteína vegetal, como, por exemplo, proteína de soja ou tofu;
  • Não colocar bacon ou outro ingrediente de origem animal no feijão;
  • Incluir mais opções de salada e guarnições a base de legumes;
  • Além do feijão, oferecer outras opções de leguminosas, como grão de bico e lentilha.

 

Você também pode conferir nosso post sobre ter opções vegetarianas na UAN.

Veganismo e vegetarianismo - Tendências de alimentação na UAN, como aplicar

  1. Slow Food

O movimento Slow tem como objetivo desacelerar nossa rotina. Quando estamos falando de comida, então, a ideia é criar uma relação de afeto com a comida, parando para sentir seus aromas, texturas e sabores. O movimento Slow valoriza as origens do alimento, respeitando o meio ambiente e os produtores.

Parece um pouco abstrato de se aplicar na UAN, certo? Olha só como você colocar em prática esses conceitos de ter mais prazer e conexão com o prato:

  • Escolher produtores locais;
  • Dar preferência aos produtos orgânicos;
  • Colocar plaquinhas na mesa, convidando as pessoas a não usarem o celular enquanto comem;
  • Fazer, durante o mês, uma visitação aberta à cozinha, mostrando aos clientes como a refeição é produzida;
  • Promover palestras sobre a importância da alimentação saudável e consciente.

 

  1. Finger Food

Traduzido do inglês, finger food significa comida para comer com os dedos. Com uma apresentação mais delicada, a ideia é comer o alimento em uma mordida só. Muito usada em eventos, essa tendência pode ser levada à UAN da seguinte forma:

  • Em datas comemorativas, como páscoa e natal. A UAN pode servir uma versão finger food dos pratos clássicos, como bacalhau e chester, o que não aumenta os custos, mas ainda torna o ambiente festivo;
  • Nas sobremesas, uma dica de apresentação é em uma colher grande ou cumbuca. Há ainda as marmitinhas pequenas descartáveis ou copinhos plásticos. Pode ser um mini pudim, quindim ou queijadinha. Quem sabe, um cupcake ou cake pops.

 

  1. Melting Pot

Também chamado de mistura de culturas, é uma tendência que visa tornar a culinária mais heterogênea. Sabe as provas do Masterchef quando os críticos pedem para juntar a tradição francesa aos temperos fortes indianos? Melting Pot é isso. É você pegar um pouquinho de um país, um tempero de outro continente, uma técnica nova e misturar tudo em um prato inovador e com uma explosão de sabores.

Ter um chef bacana, nesse sentido, auxilia (e muito!) na hora de aplicar as tendências. Uma reunião com a nutricionista, o chef e o gestor podem render ideias incríveis para o cardápio. No caso do melting pot, o que você pode fazer é:

  • Servir mini pizzas, um clássico italiano, com um recheio indiano;
  • Fazer um hambúrguer de falafel, misturando a comida árabe com americana;
  • Misturar a tapioca com um crepe suzette.  

 

  1. Kombucha e fermentados

Os fermentados têm ganhado o seu espaço no mercado. Talvez, servir kombucha na UAN não seja uma opção, pelo seu valor alto, mas você pode contratar uma empresa para comercializar os seus produtos dentro da empresa ou refeitório.

Além da Kombucha, outros fermentados são interessantes, como o tempeh, derivado da soja, e o chucrute, uma conserva de repolho fermentado.

 

  1. PANCs

Nunca ouviu falar? As PANS são as Plantas Alimentícias Não Convencionais. Você está indo para o trabalho, vê umas plantas verdes em um jardim e mal imagina que alguma coisa ali seja comestível. Pois é, as PANCs abrem um mundo de possibilidades quando falamos em sabor, sustentabilidade e valor nutricional.

 

Olha só alguns exemplos que você pode incluir na salada ou guarnição:

  • Serralha: pode ser refogada no alho, mas, por ser amarga, deve ser deixada de molho por um tempo na água fria;
  • Peixinho: quando empanada e frita, fica bem semelhante ao peixe convencional;
  • Ora-pró-nobis: tem um sabor neutro e é muito usada com frango, feijão e angu;
  • Capuchinha: com um sabor mais picante, fica ótima em saladas.

 

Às vezes, essas ideias parecem complicadas, mas com um pouco de flexibilidade é mais do que possível levá-las para dentro da UAN. Porque mais do que saber como encaixar o pedido de compras no orçamento, ao montar um cardápio é preciso levar em consideração que a alimentação também é um momento de prazer.

Gostou? Quer aplicar alguma dessas tendências de alimentação na UAN? Então, entre em contato com a Nutri Mix e veja como podemos ajudar a transformar o seu cardápio, atraindo mais clientes.

Tendências de alimentação na UAN, como aplicar!
5 (100%) 11 votes