Por que não pode usar maquiagem na cozinha?

Só um batonzinho não vai prejudicar ninguém. Você que pensa! A maquiagem, tão comum no dia a dia de muitos mulheres (e alguns homens!), deve ficar da porta da cozinha para fora. A legislação deixa isso bem claro e há um motivo. Nesse post, você vai entender, de forma didática, sem imposição, porque não pode usar maquiagem na cozinha e como um batonzinho faz, sim, muita diferença.

Cobrir os cabelos parece algo mais óbvio. Os manipuladores usam touquinhas porque os fios podem cair na comida e contaminar o alimento. O mesmo com a barba. É preciso raspá-la, afinal, são pelos que também transmitem bactérias. Mas e a maquiagem, que está grudada na pele? Qual é o problema?

 

Maquiagem + calor = base derretida!

Primeiro de tudo, temos que lembrar como é o ambiente da cozinha. Quente, certo? Perto do forno, nem se fala… Quando você pensa no âmbito industrial, então, esse calor se multiplica. Trabalhar na cozinha, mais do que um bom tempero, exige um ótimo condicionamento físico.

Agora pense em uma pele, com base, corretivo e pó, em um calor de mais de 30 ºC, com vapor saindo de todos os cantos. É ter a maquiagem derretendo na certa! E mais do que acabar com os 30 minutos que você perdeu em frente ao espelho, essa base também pode entrar em contato com o alimento na forma de suor. Eca!

Por mais que você use maquiagem orgânica, vegana, sem parabeno, sem petrolato e outros ingredientes considerados nocivos, qualquer maquiagem ainda é uma fórmula química com substâncias que não devem entrar em contato com o alimento. Afinal, se você comer um punhado de corretivo, com certeza, vai passar mal, não?

Ah, mas eu não transpiro, a maquiagem não vai derreter! Pode até ser, mas concorda que, a todo tempo, estamos passando a mão no rosto, na boca e nos olhos? Consequentemente a maquiagem vai parar na sua mão e da sua mão vai para panela, para os utensílios, o prato do cliente e por aí vai.

Você não gostaria de ir em um restaurante e encontrar um prato manchado com dedo de pó compacto, ou, quem sabe, um cílio postiço na salada. Maquiagem na cozinha é sinônimo de contaminação física, química e biológico, pois os microrganismos da sua pele também são transmitidos para o alimento.

 

Maquiagem + fogo = queimadura!

O cliente pediu banana flambada de sobremesa. Lá vai você, com seu cílios postiços, fazer o pedido. Você conhece a receita, domina os sabores e sabe que o resultado será incrível. O que você não sabe é que ao flambar os ingredientes, uma chama pequena pode atingir a região dos seus olhos e aquele cílio de plástico derrete e entra nos seus olhos.

Parece até cena de filme de terror, não é? Mas na cozinha tudo é imprevisível! É cada acidente que acontece que nem mesmo os melhores roteiristas de filme poderiam imaginar. Em um ambiente com calor, objetos cortantes, correria, água no chão e seres humanos, o melhor é sempre prevenir os piores cenários.

não pode usar maquiagem na cozinha

Maquiagem + pele = multiplicação de partículas!

Até parece que meu rímel incolor vai contaminar algum alimento. E se cair uma gotinha só, e daí? Não vai matar ninguém. Certo. Pode não levar ninguém a óbito, mas uma dorzinha de barriga, ah, isso um rímel incolor pode causar.

Um artigo chamado Cosmetics at The Cleanroom, LR Hauenstei mostrou quantas partículas são depositadas na pele com a aplicação de determinadas maquiagem. Ao usar uma sombra, 3,3 bilhões de partículas são depositadas em seus olhos. Bilhões! Isso mesmo.

E um batom? 1,1 bilhão de partículas. Ah, o pó de arroz para disfarçar os cravinhos, ele se responsabiliza por levar 270 milhões de partículas.

Isso significa que um manipulador de alimentos usando maquiagem aumenta grandemente seu potencial de contaminação. E, nós, seres humanos, por si só, já somos agentes contaminadores dos alimentos sem maquiagem, sem barba e com o cabelo preso.

Agora, pense em alguém que vai com um rímel incolor, um pó translúcido e um gloss labial, achando que ninguém vai reparar na maquiagem. São mais de 4 bilhões de partículas intrusas dentro da cozinha! Não dá nem para imaginar o estrago que ⅓ delas pode fazer dentro de um simples penne ao molho branco.

 

Maquiagem + fiscal da vigilância sanitária = multa!

Chegamos, agora, ao principal ponto. A maquiagem, além de um risco para a pessoa usando e para o cliente, é p-r-o-i-b-i-d-a dentro da cozinha por legislação. É lei! O manipulador de alimentos não deve usar maquiagem, assim como adornos, barba, unhas grandes, esmaltes, etc.

Dá olhada o que diz a RDC nº 216: “os manipuladores devem usar cabelos presos e protegidos por redes, toucas ou outro acessório apropriado para esse fim, não sendo permitido o uso de barba. As unhas devem estar curtas e sem esmalte ou base. Durante a manipulação, devem ser retirados todos objetos de adorno pessoal e a maquiagem”.

Então, tudo bem se você não quer pegar ônibus de manhã sem um batom, desde que, ao chegar no trabalho, você lave o rosto, combinado? Algumas legislações, como  CVS 5, válida para o Estado de São Paulo, são mais flexíveis. No entanto, é necessário conversar com o gestor da sua UAN e a nutricionista para entender quais são as condutas do local.

Às vezes, uma garçonete que entra na cozinha, mas não fica em contato por muito tempo com o alimento possa usar uma maquiagem levinha, mas a pessoa responsável pela salada, não. E isso não é uma questão de injustiça, é uma decisão pensada sobre o que será melhor para diminuir os riscos de contaminação.

Se o fiscal da vigilância sanitária chegar e encontrar o cozinheiro de corretivo, a responsável pela sobremesa de delineado gatinho e a chef de cozinha com batom vermelho, o que ele irá pensar? Parece um total descaso com o alimento que será servido, além de que a penalidade é certa, afinal, o local está infringindo uma lei de aplicação federal.

Agora, se você, homem, está se perguntando sobre a barba. Nós temos um post completinho explicando porque não é permitido usar barba na cozinha. Você pode conferir clicando neste link, te esperamos por lá!

Por que não pode usar maquiagem na cozinha?
5 (100%) 10 votes