Como montar um contrato para consultoria em nutrição?

 

O conhecimento você tem, as ferramentas também. Os clientes chegaram. E, agora? O que colocar em um contrato para consultoria em nutrição? Infelizmente, vivemos em um mundo onde é preciso se resguardar juridicamente. Nem sempre o boca a boca é o suficiente para garantir os seus direitos como prestadora de serviços. Vamos, então, entender o que não pode faltar no seu modelo de contrato para prestação de serviços em consultoria.

Essa é uma forma de profissionalizar o seu trabalho, além de dar segurança ao cliente e a você no que diz respeito às obrigações de cada um. Imagina só: você combina 20% do pagamento antes e 80% depois, mas, chega ao fim do trabalho, e a pessoa que te contratou some. Você não vai abrir uma barraca na frente do restaurante e acampar ali até ele te pagar, certo? Você até pode fazer isso, mas ninguém merece todo estresse, preocupação e problemas financeiros que isso irá lhe custar.

 

Tópicos importantes em um contrato para consultoria em nutrição

 

Vale ressaltar que o trabalho de cada consultora é diferente, além de que as leis variam de região para região. Tire um tempinho para eleger quais são os seus principais medos na hora da contratação e como este contrato poderia lhe ajudar a acabar com eles. Feito isso, vamos aos tópicos principais de um contrato para consultoria em nutrição:

 

  1. Dados do contratante e contratado

Como em qualquer contrato, na primeira parte encontramos os dados do contratante, ou seja, a empresa, e do contratado, no caso, a consultora em nutrição. Os dados mais importantes são: CNPJ, endereço, representante legal, CPF, RF, entre outros.

 

  1. Descrição dos serviços

O que você irá fazer pelo contratante? Um manual de boas práticas? Uma consultoria completa, com todos os seus serviços? Fichas técnicas de preparação?

Essa é a hora de especificar cada um destes serviços, dizendo como, onde e porquê. Então, um exemplo: serão realizados 2 treinamentos de capacitação dos colaboradores após uma observação analítica do local e o comportamento da equipe durante uma visita no dia XX/XX/XX com duração de X horas no endereço XXXXX.

Serviços Nutricionais

Após esta visita, os treinamentos serão elaborados e entregues ao cliente para aprovação. Aprovados, os treinamentos serão aplicados em dois diferentes durante o mês de XXX. Para finalizar o serviço, um relatório com as notas dos manipuladores, observações feitas e benefícios atingidos será entregue ao contratado.

Outro exemplo: será realizada a elaboração do manual de boas práticas e elaboração de POPs a partir de XX visitas semanais ao endereço XXXX com duração de X horas.

 

  1. Cronograma das atividades

Quais são os seus prazos? É bacana criar uma tabela com o prazo mínimo e máximo para a elaboração de cada etapa dos serviços descritos no tópico acima. Vamos pensar no exemplo número 1, de capacitação dos colaboradores:

 

SERVIÇO PRAZO
Visita de observação 7 dias úteis após a contratação
Elaboração dos treinamentos 10 dias úteis após a visita
Prazo para aprovação dos treinamentos 4 dias úteis após o envio
Primeiro treinamento 10 dias úteis após aprovação
Segundo treinamento 10 dias úteis após o 1º treinamento
Entrega de relatório 15 dias úteis após os 2 treinamentos

 

Também especifique no final o prazo médio da realização destas atividades. No caso dos treinamentos, seriam em média 3 meses. Lembrando que este é só um exemplo fictício, ok? Somente você saberá quais seus prazos máximos de entrega.

 

  1. Garantia dos serviços

Esta parte é um pouco complexa. Isso porque você não pode colocar em contrato nada do que não tenha certeza de que irá entregar. É um breve resumo dos benefícios do contratante ao optar pelos seus serviços, mas de uma forma bem racional e pé no chão.

saiba como montar um contrato

O que você garante, no caso dos serviços de treinamento:

  • Treinamentos de acordo com a realidade e necessidades do local, seguindo também o exigido em legislação;
  • Documentação necessária para comprovação destes treinamentos;
  • Manipuladores capacitados sobre boas práticas de fabricação;
  • Certificado de participação para os manipuladores.

Você pode garantir que 100% dos colaboradores irão seguir o que foi dito em treinamento? Não, mas você pode garantir que eles estarão capacitados para tal.

 

  1. Valores detalhados

Qual é o seu preço? Seja de um serviço só ou do pacote completo contratado. Se você não faz ideia do preço, nós temos um post bem legal sobre quanto cobrar pelos serviços de consultoria em nutrição.

 

  1. Condições de pagamento

Como este valor será pago? Em 3 vezes no cartão de crédito? Boleto bancário? Até o quinto dia útil de cada mês? Tem desconto à vista? Enfim, você é quem determina suas próprias condições.

No caso em que há visitação no local, você o cliente podem acordar um valor por cada visita. Ou, então, como citamos antes, uma porcentagem no início e uma porcentagem no final. O importante é deixar bem claro como o cliente pagará.

 

  1. Obrigações do contratante e contratado

Aqui, você tem de deixar bem especificado as obrigações de cada parte. Pensando nas obrigações do contratado, isto é, a consultora:

  • Entregar os serviços no prazo, com um limite de 2 dias úteis, sendo passível de desconto de XX% do valor total;
  • Conhecer a legislação do local para aplicá-la aos serviços;
  • Entregar serviços que visem a melhoria do processo de manipulação de alimentos;
  • Conhecer métodos de controle de qualidade e segurança dos alimentos;
  • Informar o contratante sobre eventuais imprevistos e outros problemas.

 

Agora, se estamos falando do contratante…

  • Oferecer condições ideais para que o serviço aconteça;
  • Oferecer EPIs para os funcionários;
  • Participar ativamente do processo;
  • Realizar os pagamentos dentro dos prazos e condições estabelecidos, passível de multa de XX% sobre o valor total;
  • Não reproduzir os materiais utilizados sem aviso prévio e os devidos créditos.

Cada serviço vem com uma obrigação. Se estamos falando de fichas técnicas de preparação, também é obrigação do contratante tirar um tempo da jornada de trabalho do chefe de cozinha para que este sente e converse com a consultora.

 

  1. Casos de cancelamento

Como é o cancelamento? Se o serviço já começou, será cobrado metade do valor? Pode cancelar até quantos dias após a contratação? É preciso avisar com quanto tempo de antecedência? Vale a pena dar uma olhada no Código de Defesa do Consumidor para saber se as suas condições não fere nenhum direito do contratante.

 

  1. Duração do contrato

Fala a duração do contrato, como 3 meses, 1 ano, 2 anos, deixando em aberto a possibilidade de prorrogação. Leve em consideração o tempo especificado anteriormente, da duração dos serviços prestados.

 

  1. Referências

Na parte de referências, entram duas possibilidades. A primeira, abordando as legislações, portarias, livros e artigos que serão usados para a elaboração dos serviços. A segunda, a referência de outros clientes que trabalharam com você, para aumentar a credibilidade do seu trabalho como consultora.

11. Assinaturas

Ao fim, todo contrato deve ter a frase: “as partes elegem o Foro Central da cidade ……………………………………………, para dirimir quaisquer questões, que porventura surgirem na execução deste contrato”, além das assinaturas, datas e testemunhas.

E, agora, ficou mais claro sobre o que é preciso ter em um contrato para consultoria em nutrição? Na via das dúvidas, o melhor a se fazer é contratar um advogado de confiança e expor suas principais preocupações e inseguranças. Mas se você ainda está sonhando com a carreira de consultora em nutrição, vem cá conhecer o curso da Nutri Mix! Afinal, passou da hora de tirar esses planos do papel, não é?