Nutricionista Vegana
4 (80%) 1 vote

Nutricionista Vegana

Uma dieta vegana é completamente adequada às necessidades humanas e apresenta diversas vantagens relativamente a uma alimentação omnívora,contudo, é essencial que estejamos bem informados e façamos uma planeamento adequado da nossa alimentação.

nutricionista-vegano-001

nutricionista-vegana-001

Vejo muita gente se questionando.Mas e se eu virar vegetariano o que vou comer? Como vou comer? Como vou conseguir a proteína necessária, as vitaminas? 

 

 

Realmente isso são dúvidas que preocupam e nos impedem de seguir uma dieta saudável sem alimento animal.

Nutricionista vegana dá dicas para evitar carências nutricionais

Nutricionista vegana- No lugar do leite animal, eles usam o leite de soja. Queijo, só se for tofu. Laticínios, mel, ovos, carne e qualquer outro alimento de origem animal passam longe da dieta vegana.

Nutricionista vegana- O veganismo não é apenas uma dieta que restringe alimentos e produtos de origem animal. Trata-se de uma filosofia de vida movida pelos direitos dos animais.

O movimento teve origem nos Estados Unidos e tem até uma data comemorativa: 1 de novembro, o Dia Mundial Vegano.

Nutricionista vegana– Os adeptos do veganismo boicotam o uso de qualquer produto de origem animal.

Na alimentação, consomem basicamente frutas, legumes, vegetais, hortaliças, cereais, cogumelos e outros alimentos, industrializados ou não, que não levem ingredientes de origem animal.

É difícil dissociá-lo de vertentes do vegetarianismo, por causa de algumas similaridades.

nutricionista-vegana-002

nutricionista-vegana-002

Nutricionista vegana dá dicas de alimentos que podem substituir a carne!

Para os ovolactovegetarianos não há grandes preocupações, uma vez que o ovo e o leite, ricos em proteína de alto valor biológico, vitamina B12 e ferro, podem

tranquilamente substituir a carne, desde que consumidos adequadamente.

Nutricionista vegana– Já para os vegetarianos estritos e os veganos, o desafio é maior, pois é preciso um conjunto de alimentos ricos em proteína vegetal, e o cuidado em aumentar a biodisponibilidade dos nutrientes desses alimentos, para realmente substituir a carne.

Leguminosas (feijões, lentilhas, grão de bico e soja) – Elevado teor de proteína vegetal, pode ser utilizado na forma tradicional combinados com arroz integral, fornecem 12 aminoácidos essenciais ao organismo, podem ser utilizados na elaboração de pastas para sanduíches, assim como elaboração de receitas vegetarianas mais elaboradas.

Leite de soja – Substituto do leite quando acrescido de cálcio, o original possui sabor bem leve de baunilha. Existe também os leites de soja sabor morango, chocolate, banana, coco etc. Não é a mesma coisa que o suco de soja.

Cereais integrais (aveia, granola, arroz integral, quinua, amaranto, gérmen de trigo, cevada, centeio etc) – Possuem proteína vegetal, são ricos em ferro (principalmente quinoa e amaranto), vitaminas do complexo B, fibras, fornecem saciedade e energia ao organismo.

Folhas verdes – Os nutrientes desse alimento ajudam na absorção das proteínas advindas de outros alimentos, e também são ricas em ferro (folhas verde- escuras), vitaminas, carboidratos, água e fibra.

Sementes (linhaça, chia, frutas oleaginosas) – Fontes de vitaminas C, E, complexo B e sais minerais como potássio, ferro, cálcio, zinco e magnésio, excelentes antioxidantes que combatem os radicais livres. Ricas também em Omega 3, assim como os peixes, que não são consumidos pelos vegetarianos.

Dica da Nutricionista vegana:
O desafio da dieta vegetariana é garantir o aporte de proteína vegetal e aumentar a biodisponibilidade dos nutrientes desses alimentos.

4 Response Comments

  • Receitas Veganas Miss�  9 de fevereiro de 2017 at 10:25

    A jeito de que vossa mercê tenha uma pessoa inspiração dentre quaⅼ o preço de oѕ alimentos veganos industrializados, confira ínfero os preçοs praticados pestana site Mentor Vegano , գualquer vestíbulo especializado naquele
    provisõᥱs vegan também que concessão
    provimento ρorém outros peçɑs veganos (qսe negativo
    exploram оs animais) prestes a integralmente torrãօ.

    Responder
  • Jeremy Musslewhite  20 de abril de 2017 at 21:11

    Adorei o artigo, bem legal. Seu modo de ver ficou bastante interessante, adoro falar deste tema também. Mantenha esta linha e alcance cada vez mais sucesso. Cordialmente

    Responder
  • Marcellus Brynga  16 de junho de 2017 at 20:28

    Adorei do seu artigo, muito interessante seu ponto de vista. Eu tenho um Website sobre este mesmo tema, visite ele mais tarde. Abraços!

    Responder
  • Stanley  17 de setembro de 2017 at 10:28

    Nossa que artigo bom,gostei muito.
    vou recomendar para as amigas

    Responder

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.